Montreal – Quebec – Canadá

slogan-hsh

Visão Geral da Cidade

Montreal (em francês Montréal 2) é a maior cidade da província canadiana de Quebec, a segunda mais populosa do Canadá, e também uma das mais populosas cidades francófonas do mundo. É também uma região administrativa do Quebec. Situa-se na ilha homônima do Rio São Lourenço, sendo um dos principais centros industriais, comerciais e culturais da América do Norte.

Montreal possui a segunda maior população francófona do mundo, depois de Paris. Porém, Montreal também possui uma considerável comunidade anglófona, e um crescente número de pessoas cujo idioma materno não é nem o francês nem o inglês.

A palavra “Montréal” é a versão arcaica, escrita de forma simplificada, de Mont-Royal, um morro localizado na cidade, no centro da ilha. Montreal é um dos centros culturais mais importantes do país, sediando vários eventos nacionais e internacionais. Entre eles estão o Juste pour Rire, um dos maiores festivais de comédia do mundo, o Festival de Jazz de Montréal, um dos maiores festivais de jazz do mundo, e o Grand Prix de Montréal. Com todos estes eventos, aliado ao seu centro antigo, “le Vieux-Montréal”, Montreal é considerada a cidade mais europeia da América do Norte.

Montreal possui uma das populações mais bem educadas do mundo, possuindo a maior concentração de estudantes universitários per capita de toda a América do Norte. A cidade possui quatro universidades – duas delas francófonas e duas delas anglófonas – e 12 faculdades. É um centro da indústria de alta tecnologia – especialmente na área de medicina e na indústria aeroespacial. Montreal é atualmente uma das cidades mais seguras do continente americano, sendo que em 2005 foram cometidos apenas 35 homicídios em toda a cidade.

Fonte: WikiPedia

2103
Culture
640px-Place_Jacques-Cartier_Jan_2006Como um centro primário da cultura do Canadá, Montreal possui muitos museus. Entre eles, estão o Museu Redpath, o Museu McCord de História Canadadense e o Centro Canadense de Arquitetura. O complexo cultural do Palácio das Artes de Montreal abriga o Museu de Arte Contemporânea, e possui vários teatros.

Conhecida como cidade dos sinos, (la ville aux cent clochers, em francês), Montreal possui inúmeras igrejas e basílicas, tanto que Mark Twain, um famoso humorista americano, comentou certa vez: foi a primeira vez que estive numa cidade na qual uma pessoa não pode lançar uma pedra sem estilhaçar a janela de uma igreja. Catedral Marie-Reine-du-Monde, Basílica Notre-Dame de Montreal, Basílica de São Patrício e o Oratório de São José. A última é a maior igreja canadense, possuindo o maior domo (ou cúpula) do seu género, logo a seguir ao da Basílica de São Pedro, em Roma.

Chinatown, localizada ao sul do centro financeiro, com várias lojas e restaurantes chinesas e algumas vietmitas.

Pontos turísticos

O centro velho de Montreal.
Montreal é o terceiro maior pólo turístico do Canadá, atrás de Vancouver e Toronto. Anualmente, a cidade é visitada por milhões de turistas.

Bairros
O centro financeiro da cidade, com seus vários prédios modernos. O edifício Place Ville Marie, um dos mais altos da cidade com seus 188 metros de altura, forma o núcleo da cidade subterrânea de Montreal, onde está localizada o maior shopping center subterrâneo do mundo (com mais de 1600 lojas).

Vieux Montréal (Velho Montreal), um centro histórico com atrações como o Porto antigo da cidade, o edifício Jacques-Cartier e a Basílica Notre-Dame de Montreal.

O Quartier international de Montréal, ou QIM (Quarteirão Internacional de Montreal), uma área no centro da cidade que foi revitalizada entre 2000 e 2001. Possui várias praças, e é onde está localizado o centro de convenções da cidade (ver abaixo).

Parques

Interior do Jardim Botânico de Montreal.
Montreal possui centenas de parques e áreas verdes dentro da cidade e nas várias ilhazinhas cercando a Ilha de Montreal. Entre as mais famosas estão:

Jardim_Botanico_de_MontrealO Monte Royal, que é parte de um imenso parque urbano, localizado em Montreal e na cidade vizinha de Mont-Royal. O centro financeiro da cidade está localizado ao pé da colina. Cada domingo no verão, centenas de pessoas juntam-se ao pé do Monte Royal, no parque, para apreciar e participar do show coletivo de percussão conhecido como Tam Tams.

O Jardim Botânico, inaugurado em 1931, o segundo maior do mundo, perdendo apenas para o Jardim Real de Kew, em Londres, Reino Unido.

O Parque Jean Drapeau, onde está localizado a Biosfera de Montreal, criada para a Feira Mundial de 1967, e que continua de pé até hoje.

Ruas

Vista da rue Sainte-Catherine.
A rue Sainte-Catherine é uma rua comercial que atrai diversos turistas, devido aos seus shopping centers, grandes lojas, teatros e restaurantes.
A Boulevard Saint-Laurent, a principal avenida de Montreal, cortando-na num sentido norte-sul, é uma mostra da variedade cultural da cidade, onde lojas, restaurantes e comunidades portuguesas, gregas, judaicas, russas, ucranianas e latino-americanas estão localizadas. Além disso, a rua corta o centro financeiro, Chinatown e a Pequena Itália (centro da comunidade italiana) da cidade.

A rue Sherbrooke, com suas lojas luxuosas e suas galerias de arte.
Boulevard René-Levésque, o centro financeiro da cidade, onde a maior parte dos arranha-céus da cidade estão localizados.

Outros

O Palais des Congrès de Montreal.
O estádio olímpico, inaugurado em 1976, que possui a maior torre inclinada do mundo, com seus 170 metros de altura.

A arquitetura de muitos dos prédios de apartamentos de dois a quatro andares da cidade caracteriza-se pela presença de escadas fora do edifício, com o objetivo de economizar espaço interno.

O Palais des Congrès, o centro de convenções da cidade, localizado no Quarteirão Internacional de Montreal (QIM). Foi construído antes da revitalização ter ocorrida no QIM.

Montreal é um dos maiores centros homossexuais da América do Norte, possuindo uma das maiores vilas gays do continente. Seu festival de Orgulho Gay é o segundo maior da América do Norte, atrás somente daquele realizado em Toronto.

Esportes

O Estádio Olímpico de Montreal.
O esporte mais famoso e praticado na cidade é o hóquei no gelo. A história deste esporte, aliás, remonta a Montreal. Além do estádio olímpico, a cidade possui um circuito de Fórmula 1, o Circuito Gilles Villeneuve.

Os principais times da cidade são:

Montreal Canadiens, um time de hóquei no gelo da National Hockey League, a liga de hóquei no gelo do Canadá e Estados Unidos. Obteve a Stanley Cup 24 vezes.

Montreal Alouettes, um time de futebol canadense, e parte da Canadian Football League, a liga de futebol canadense do Canadá. Obteve a Grey Cup seis vezes.

Montreal Impact, da Major League Soccer, a primeira divisão de futebol do Canadá e Estados Unidos. Foi campeão da liga canadense três vezes.

Our Programs

Homestay

Big or small, younger or older, we will tailor a program to suit your needs.

Read more

Teacher Stay

The ultimate way to learn a language and a lifestyle at the same time.

Read more

Executive Stay

Our hallmark comfort and convenience, with the addition of private bathroom.

Read more

Farm/Ranch Stay

A unique program for students interested in an alternative to the usual urban homestay.

Read more

Furnished Apartments

Convenience and comfort of a ready to live apartment.

Read more

COVID-19 Update: Canadian homestay company tackles Corona Virus with high-tech ultra violet light treatment; Home Sweet Homestay (HSH) Vancouver introduces COVID killing UV-C light treatments to extra-disinfect rooms  for newly arriving international students; (British Columbia, Canada; November 2020); New studies show that Ultra Violet C frequency light treatments can kill up to 99.999% of microorganisms including the deadly SARS/COV-2 (Novel Corona) virus. “If UV-C treatments are well-received by our customer base in Vancouver, we’ll be introducing this measure across our Canadian operations”, said Mr. Estrin, founder and CEO of the company.